Empírica Lótus HY FIC FIM

Empírica Lótus HY FIC FIM

Introdução:

A Empírica é uma gestora de recursos independente no mercado de capitais brasileiro, especializada em estratégias de renda fixa em crédito estruturado. Apesar da gestora ter iniciado as suas atividades em 2009, os sócios-fundadores costumam dizer que a Empírica nasceu conceitualmente em 2004, quando os mesmos, na época em que desempenhavam como executivos do HSBC Global Asset Management, começaram a coordenar a estruturação de fundos de investimento em direitos creditórios (FIDC), um produto bastante sofisticado e, na época, ainda incipiente no Brasil.  Atualmente, o AUM da gestora é de R$ 2,3 bilhões, segundos dados do Quantum Axis.

Entre nossas principais singularidades da casa destacamos um DNA inovador, com busca de soluções não-óbvias em crédito estruturado, e uma gestão de riscos ativa e diligente em todo o ciclo de gerenciamento dos parceiros investidos, com visão de longo prazo.

Time de gestão:

Leonardo Russo Calixto é o co-fundador e CEO da casa, desde 2009. Durante 15 anos fez uma carreira em instituições financeiras privadas (Unibanco e Fator) e estrangeiras (CCF e HSBC), adquirindo vasta experiência em desenvolvimento de produtos, estratégia e vendas, gestão de riscos e carteiras. Atuou por 5 anos como Diretor de Produtos e Vendas no HSBC Global Asset Management cobrindo a América Latina. Leonardo é engenheiro Mecânico formado pelo Instituto Militar de Engenharia (IMERJ), Pós-graduado em Administração Industrial pela Fundação Vanzolini (PoliUSP), MBA Executivo em Finanças no IBMEC e Mestrado em Economia na PUCSP. 

Aquiles Feldman é advogado, co-fundador e COO, responsável pelas áreas de Jurídico e Compliance, desde 2009. Nos anos 90, após a aquisição do Banco Boavista pelo Grupo Espírito Santo (Portugal), assumiu a posição de Diretor Executivo em uma das empresas do conglomerado, atuando no grupo por 4 anos. Em 2000 ingressou no Santander, no qual atuou por 2 anos como Diretor Adjunto do departamento jurídico. Em 2002 ingressou no HSBC, no qual atuou por 8 anos como Executivo Sênior do departamento jurídico responsável pela área de asset management, private bank, corretora, custódia qualificada e fundo de pensão. É também, pós-graduado em Direito da Economia e da Empresa (FGV), iniciou sua carreira como gerente executivo do Espírito Santo Investimentos.

José Eduardo de Assunção é co-fundador e Chief People Officer da Empírica. Mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro, atuando por 16 anos no CCF e HSBC. Foi Diretor do HSBC Fundo de Pensão, Presidente do Conselho Fiscal do HSBC Fundo Instituidor, coordenou grandes operações de incorporação de negócios, produtos estruturados e custódia terceirizada. José é Administrador de Empresas e Pós-graduado em Finanças pela Universidade Mackenzie e MBA Executivo em finanças no IBMEC.

Guilherme Vivian Lagnado é sócio e responsável pela área de gestão dos fundos na Empírica. Atua há mais de nove anos no mercado financeiro, com ênfase em consultoria de investimentos e asset management. Já trabalhou no Grupo Orey Financial. É formado em Administração Pública pela FGV-EAESP e possui certificação CGA pela Anbima.

Estratégia:

O Empírica Lotus HY FIC FIM é um fundo multimercado que busca dar acesso à uma carteira pulverizada de crédito privado estruturado, investindo 60% do patrimônio líquido em cotas mezanino e 30% em mezanino high yield de FIDCs geridos pela própria Empírica Investimentos ou de terceiros, objetivando retornos descorrelacionados do mercado. O processo decisório do fundo conta com o alto rigor de gerenciamento de riscos da Empírica Investimentos e buscará acessar o mercado de capitais investindo em carteiras de diversas naturezas, com ênfase para: crédito pessoal com garantia, crédito para empresas e fomento mercantil. A gestora trabalha com um objetivo de retorno de CDI + 6% para o fundo. 

Gestão de risco:

Dentre os principais controles de risco deste fundo, ressaltamos que a gestora não comprará cotas mezaninos high yield de terceiros, podendo comprar apenas mezanino e senior, além de ser vedado o investimento em cotas de fundos multicedentes multisacado de terceiros. O monitoramento de risco do portfólio é realizado pela equipe de gestão mensalmente, realizando o acompanhamento das informações oficiais da CVM e do administrador de cada fundo, além do contato direto com a gestora e/ou consultoria, pelo menos duas vezes ao mês.

Por fim, em relação à exposição à qualidade do crédito, o fundo está alocado em aproximadamente 21% de patrimônio líquido em títulos com rating AAA, 6% em AA, 4% em A, 48% em BBB e 21% em cotas de FIDCs ou outros ativos sem rating.

Mercados de atuação e performance da estratégia:

TESOUROCRÉDITO PRIVADOMOEDASAÇÕESDERIVATIVOSALAVANCAGEM
XXXX
CaixaFIDCs
Referência: março/2022

Confirma nossa lista completa de fundos de investimento aqui. Veja outras análises similares aqui.


A Órama Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. distribui seus produtos para pessoas físicas e jurídicas. Recomendamos o preenchimento do seu Perfil de Investidor antes da realização de investimentos. As informações constantes neste documento estão em consonância com os regulamentos dos fundos de investimento, mas não os substituem. Leia a lâmina de Informações essenciais, se houver, e o regulamento antes de investir, disponíveis no site www.orama.com.br. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. AS RENTABILIDADES DIVULGADAS NÃO SÃO LÍQUIDAS DE IMPOSTOS E TAXAS DE ENTRADA, DE SAÍDA OU DE OUTRAS TAXAS, QUANDO APLICÁVEL. FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTA COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITOS – FGC. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Este material tem propósito meramente informativo. A Órama não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. As informações deste material estão atualizadas até 31/03/2022.

Posts Similares