Estratégia Conservadora – Novembro de 2021

ESTRATÉGIA CONSERVADORA – NOVEMBRO 2021

Em novembro, a inflação continuará como o principal fator de risco para o desempenho da Estratégia.

Como já trabalhamos com a taxa Selic indo para dois dígitos, mantemos a alocação com maior percentual em renda fixa pós-fixada. As outras classes embutem excelentes prêmios pelo risco, porém, com tantas incertezas, ainda haverá volatilidade.

Para minimizar os efeitos das oscilações, sugerimos a diversificação em fundos e títulos de renda fixa 

Para acessar a Estratégia completa, com os produtos selecionados do mês e o comentário sobre o desempenho de outubro, faça download do documento.

Posts Similares