Trader de sucesso: Crie timing para manter ganhos e ser ágil na perda

|

Rodrigo Garretti, trader e mentor da Apriori Invest, foi convidado da nossa live “Hora do Trader”. Em conversa com Renata Lima, coordenadora da equipe Gold Traders da Órama, no perfil da plataforma no Instagram, ele explicou um pouco dos métodos que utiliza nos cursos para quem deseja operar na Bolsa de Valores.

Conheça as ferramentas disponíveis e acompanhe os papéis

Segundo Garretti, é essencial que os interessados em operar na Bolsa, seja em Day Trade ou não, conheçam bem as ferramentas existentes e tenham disponibilidade para acompanhar seus papéis e a movimentação do mercado diariamente.

“Muitas pessoas não entram no mercado financeiro pelo medo. Os cursos entregam a orientação técnica, mas é preciso também dar uma atenção e um acompanhamento, até mesmo emocional, para que o novo trader ganhe segurança”, afirma.

Na Apriori, as estratégias ensinadas focam nos modelos de gráficos e podem ser utilizadas para qualquer tipo de ativo, ainda que o carro-chefe das aulas seja futuro em minicontrato de índice ou dólar. A escolha por esse tipo de produto ocorre em razão do capital menor exigido para entrada.

Ele completa que os novos traders também precisam conhecer os modelos fundamentalistas e de fluxos, em que os grandes players estão abrindo e encerrando posições, além de acompanhar as notícias do mercado.

“Nem todo mundo consegue começar a operar Swing Trade com R$ 2 mil ou R$ 3 mil para aprender. Mini-índice dá oportunidade de entrar com capital menor, porque é bem alavancado”, diz o instrutor.

Disciplina e timing próprio

Para Garretti, quem possui interesse em operar precisa ter disciplina com seu capital e manter uma reserva de dinheiro bem aplicada com segurança. “Você nunca vai pegar todo o dinheiro que juntou na vida e entrar no mercado financeiro. Vai começar com pouco e sem mexer na sua reserva de emergência. Caso tenha alguma perda, é algo que não vai fazer falta”, afirma.

A maior maturidade do trader é construir o próprio timing para operar com segurança, conforme explica o instrutor. “Quando está ganhando, você quer sair, mas se está perdendo, começa a rezar. A virada de chave para quem está começando é essa: quando estiver ganhando, tenha segurança para tentar alongar. Mas quanto está perdendo, tem que sair rápido. É um timing que exige disciplina”, aponta.

Para Renata, os traders mais maduros aprendem a lidar com a perda, pois sabem que o mercado financeiro é implacável, mas está aberto de segunda a sexta-feira. “É difícil fazer isso na prática. Mas se ganhou, avalie e saia da operação. Se perdeu, saia da operação. Não pode ter medo de sair se não estiver confortável”, finaliza.

A live foi parte da programação especial durante a quarentena, e está disponível no IGTV da Órama

Posts Similares