Mais um mês de dividendos crescentes, superando o IFIX

Mais um mês de dividendos crescentes, superando o IFIX: Em junho, o dividend yield médio dos FIIs recomendados pela Órama foi de 1,10%, acima da média do mês anterior (1,06%) e do mercado (IFIX: 0,90%).

Quais os FIIs recomendados que pagaram os maiores dividendos esse mês?

🏆Top 5 DY (jun/22)🏆

  1. ARCT (Híbrido Tijolo): 1,71% a.m. (R$ 1,86)
  2. DEVA11 (CRIs): 1,65% a.m. (R$ 1,60)
  3. ARRI11 (CRIs): 1,50% a.m. (R$ 1,41)
  4. RBHG11 (CRIs): 1,47% a.m. (R$ 1,30)
  5. IBCR11 (CRIs): 1,43% a.m. (R$ 1,32)

TOP 1: Mais um mês de destaque para o ARCT11. No início de maio/22 trouxemos a recomendação de compra do FII de Tijolo da Riza. O fundo tem uma estratégia diferenciada que permite a distribuição da variação da inflação mensalmente, assim como fundos de papel, além de ser dono dos imóveis da carteira. O ARCT11 é o FII de Tijolo com o maior Dividend Yield em 2022. Para conhecer mais sobre o fundo, confira o relatório completo no nosso site.

FIISegmentoDY 12 mesesDividendo mai/22Dividendo jun/22DY mensalVariação no mês
ARCT11Híbrido Tijolo15,91%2,021,861,71%-8%
DEVA11CRIs16,55%1,401,601,65%+14%
ARRI11CRIs16,96%1,281,411,50%+10%
RBHG11CRIs13,78%1,151,301,47%+13%
IBCR11CRIs16,86%1,221,321,43%+8%
TGAR11Desenvolvimento12,82%1,441,531,34%+6%
VGIR11CRIs11,23%1,201,301,33%+8%
RBRY11CRIs12,92%1,251,251,24%
AIEC11Lajes Corporativas10,73%0,720,720,93%
TRXF11Varejo9,49%0,800,850,86%
RBRP11Lajes Corporativas8,82%0,450,450,75%
BRCR11Lajes Corporativas8,90%0,500,470,73%-6%
BTLG11Logística8,52%0,720,720,71%
HGRU11Renda Urbana7,85%0,820,820,70%
JSRE11Lajes Corporativas7,81%0,490,490,61%
HGRE11Lajes Corporativas8,63%0,780,780,60%
Fonte: Quantum Axis – Data Base: 13/06/2022

Lembrando que os dividendos distribuídos por FIIs são isentos de Imposto de Renda para o investidor Pessoa Física*

* Apenas para FIIs com cotas negociadas exclusivamente em bolsa ou mercado de balcão organizado; com no mínimo, 50 cotistas; e quando o cotista em questão possui menos de 10% das cotas do fundo.

FIIs de CRIs x FIIs de Tijolo

Como é possível observar, os FIIs de CRIs vem entregando os dividendos mais altos do mercado. A explicação está no tipo de ativo que esses fundos compram. Os CRIs são papéis de renda fixa, que pagam mensalmente juros e correção monetária. Vale destacar que normalmente a variação do indicador de inflação (IPCA/IGP-M) tem uma defasagem de cerca de 2 meses no pagamento – exemplo: no mês de abril é paga a variação do IPCA de fevereiro. Esses papeis podem ser indexados ao CDI também, e da mesma forma que ocorre com a inflação, sua variação é distribuída ao fundo periodicamente. Diante disso, em um cenário de inflação acelerada e juros mais altos, os cotistas desses FIIs conseguem absorver esses valores mensalmente em seus dividendos.

Em paralelo, os FIIs de Tijolo, ou seja, aqueles que compram imóveis diretamente, recebem mensalmente o aluguel pago pelo inquilino. De acordo com o contrato firmado, o aluguel é reajustado anualmente por um indicador de inflação (IPCA/IGP-M). Ou seja, o impacto da correção monetária nas distribuições só é sentido uma vez por ano pelo fundo e seus cotistas. Além disso, em um momento de mercado mais desafiador para o proprietário do imóvel (no caso, o próprio FII), impactos de descontos, inadimplência, carência e renegociações podem se refletir em resultados abaixo do esperado.

Em resumo, não esperamos que os FIIs de Tijolo consigam entregar dividendos no mesmo patamar de FIIs de CRIs. Trata-se de produtos diferentes, apesar de ambos trazerem exposição ao mercado imobiliário ao investidor final.

Para uma estratégia de renda, normalmente os FIIs de papel tendem a se mostrar mais apropriados. Já para uma estratégia de ganho de capital, os FIIs de Tijolo podem apresentar upsides de preço bem mais interessantes, diante de um cenário de fechamento de juros/ recuperação do mercado imobiliário.

  • Conclusão: Não devemos olhar apenas para os dividendos de um FII ao escolher no que investir. É importante que o investidor entenda o que aquele FII está comprando, quais os riscos envolvidos, quais as expectativas para aqueles ativos nos próximos períodos, e também entender se quem está gerindo aquela carteira tem conhecimento e experiência para fazer aquilo.

Nesse contexto, convido todos a acompanharem também nossos relatórios de mercado e recomendações de FIIs.

Invista conosco! Abra a sua conta já.

DISCLAIMER
AVISOS IMPORTANTES:

"Este documento é distribuído pela ÓRAMA DTVM S.A. (“Órama”), estando em conformidade com a Resolução CVM 20/2021. O(s) analista(s) de valores mobiliários Anna Clara Schuwartz Tannouz Tenan - CNPI EM 3045, é(são) o(s) signatário(s) da(s) análise(s) descrita(s) no presente documento e se declara(m) inteiramente responsável(is) pelas informações e afirmações contidas neste material. O(s) analista(s) envolvidos na elaboração deste documento declara(m) que as recomendações eventualmente contidas no relatório refletem única e exclusivamente sua opinião pessoal sobre o(s) ativo(s) analisado(s) e foi(ram) elaborado(s) de forma independente, inclusive em relação à Órama. A Órama mantém e/ou tem intenção de manter relações comerciais com um(a) ou mais companhias/fundos a que se refere este relatório. A Órama está atuando como Coordenador Líder no âmbito das ofertas públicas de valores mobiliários de emissão do CRI Integral Brei Fundo de Investimento Imobiliário (IBCR11) na presente data. Parte da Remuneração do(s) analista(s) é proveniente dos lucros da Órama como um todo e, consequentemente, das receitas oriundas de transações realizadas pela Órama. A Órama pode estar atuando e/ou ter atuado como instituição intermediária e/ou participante de oferta pública de valores mobiliários de emissão de uma ou mais [companhias/fundos] citadas neste relatório, inclusive nos últimos 12 meses. Todas as informações utilizadas na(s) análise(s) contida(s) neste documento foram redigidas com base em informações públicas de fontes consideradas fidedignas. Embora tenham sido tomadas todas as medidas razoáveis para assegurar que as informações contidas no presente documento não são incertas ou equívocas no momento de sua publicação, a Órama e o(s) seu(s) analista(s) não respondem por sua veracidade. As informações contidas no presente documento têm propósito meramente informativo, não se constituindo em uma oferta de compra ou de venda de qualquer ativo. As informações, opiniões, estimativas e projeções eventualmente contidas se referem à data de sua elaboração e/ou divulgação, bem como estão sujeitas a mudanças, não havendo obrigatoriedade de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão. Ainda, as opiniões a respeito de compra, venda ou manutenção dos ativos objeto ou a ponderação de tais ativos numa carteira teórica expressam o melhor julgamento do(s) analista(s) responsável(is) por sua elaboração, porém não devem ser entendidos por investidores como recomendação para uma efetiva tomada de decisão ou realização de negócios de qualquer natureza. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades pessoais de um investidor em específico, não possuindo qualquer vinculação com o perfil do investidor (suitability) e não devendo ser considerado para este fim. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, a Órama aconselha que o investidor entre em contato com o seu assessor para orientação financeira com base em suas características e objetivos pessoais, bem como recomenda o preenchimento do seu perfil de investidor. Operações com o(s) ativo(s) objeto das análises podem não ser adequadas ao perfil do investidor. Rentabilidade prevista ou passada não é garantia de rentabilidade futura. As projeções eventualmente constantes neste documento poderão ter resultados significativamente diferentes do esperado. Recomenda-se a análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra ou venda. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido, não podendo a Órama e/ou o(s) analista(s) envolvido(s) na elaboração deste material serem responsabilizados por qualquer perda direta ou indireta decorrente da utilização do seu conteúdo, cabendo a decisão de investimento exclusivamente ao investidor. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, dentre outras condições, podem afetar o desempenho do(s) ativo(s) objeto da análise deste documento. Fica proibida a reprodução ou redistribuição deste material para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio e expresso consentimento da Órama."

Posts Similares