FIIs de Lajes retomam atividade; TRXF indica dividendo de R$ 1,05 para julho

Confira as principais notícias do mercado de FIIs nesta semana (13.06 a 17.06): FIIs de Lajes retomam atividade; TRXF indica dividendo de R$ 1,05 para julho

AQUISIÇÕES/VENDAS E LOCAÇÕES
  • TEPP11: O administrador do fundo informou no dia 15/06 o compromisso de venda de 4 andares do Edifício Timbaúba, em Bela Vista – São Paulo. O valor de venda é de R$ 30,6 milhões, equivalente a R$ 13.075/m². O imóvel foi adquirido em dezembro/2020 por R$ 11.313/m². Quando concluída, a operação pode resultar em um ganho de capital de R$ 0,47/cota.
  • RECT11: No dia 13/06, anunciou uma nova locação do imóvel Parque da Cidade em Brasília pelo prazo de 5 anos. Diante disso, a vacância da carteira foi reduzida de 13,12% para 11,61%.

ASSEMBLEIA DE COTISTAS
  • BCRI11: Foi informado que os cotistas detentores de mais de 5% das cotas do Fundo, solicitaram a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária, a fim de deliberar sobre a substituição do atual gestor do BCRI11 (Banestes) pela Suno Gestora de Recursos. O administrador do fundo, após concluída satisfatoriamente a análise do pedido de convocação, tomará as medidas cabíveis a fim de realizar a convocação da AGE, em até 30 dias contados da data do recebimento do pedido.

  • IBFF11: Em maio, o administrador do IBFF11 recebeu o pedido de cotistas detentores de mais de 5% das cotas do fundo para convocação de uma assembleia com intuito de deliberar sobre a venda dos ativos da carteira no prazo de 15 dias úteis e posterior liquidação do fundo. Desde então, o time de gestão publicou alguns materiais apresentando sua opinião sobre a estratégia, entendendo ser desfavorável aos cotistas, diante do prazo curto para venda dos ativos e liquidez baixa de alguns, podendo impactar o preço desses. Além disso, chamou atenção para o potencial de valorização desses FIIs nos próximos períodos. A votação encerra no dia 15/07. A matéria exige quórum mínimo de 25% para aprovação.
ATUALIZAÇÕES SOBRE CRIs
  • RBHG11 e RBHY11: No dia 13/06, o administrador dos 2 fundos informou o vencimento antecipado do CRI New Village (que representa 4% PL do RBHG11 e 3,6% do PL do RBHY11, somando R$ 13,4 milhões). A decisão foi tomada em âmbito de Assembleia Geral dos titulares do CRI, diante do descumprimento de obrigações contratuais pelo cedente – a WB Construtora e Incorporadora. Em paralelo, estão iniciando a execução das garantias do papel, sendo elas: Alienação Fiduciária de Cotas da Holding (WB Construtora e Incorporadora Ltda.); Cessão Fiduciária de Direitos Creditórios das Unidades já vendidas, sendo 171 Contratos de Compra e Venda (de casas já incorporadas e com moradores); Cessão Fiduciária de Direito Creditórios do Estoque (atualmente 3 unidades em estoque); coobrigação da Cedente; Fundo de Reserva e fiança dos sócios pessoas físicas sócios da Cedente. A execução das garantias dos CRI New Village não impedirá a regular cobrança dos Créditos Imobiliários pelo Servicer e que, até o presente momento, não afetou o fluxo de pagamentos do CRI. Vamos acompanhar de perto novas atualizações sobre a operação.

DIVIDENDOS
  • TRXF11 : No relatório gerencial de maio/22, o TRXF11 apresentou guidance de distribuição para o ano de 2022. O destaque ficou para o mês de junho (a ser pago em julho), com uma expectativa de dividendo de R$ 1,05/cota, em função da regra de distribuição mínima de 95% do resultado no semestre. Para os demais meses, a distribuição deve seguir no patamar de R$ 0,85/cota. O resultado adicional é explicado principalmente pela multa de rescisão do contrato com a ex-locatária Camil. Lembrando que o imóvel ocupado pela empresa já foi vendido pelo fundo, gerando lucro. Além disso, o TRXF recebeu a rentabilização do fundo de obras do BTS do Assaí (obras em andamento).

Confira também a nossas recomendações de FIIs.

Invista conosco! Abra a sua conta já.


As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama. 

Posts Similares