Upon Global Macro FIC FIM

A Upon Global Capital é uma gestora de recursos independente, focada em estratégia macro, criada em 2020 a partir da união de profissionais com um longo histórico de atuação em instituições nacionais e internacionais, como XP, Morgan Stanley, Citadel e Legacy. A Upon foi criada com o objetivo de realizar inicialmente a gestão de apenas um veículo, o Upon Global Macro, a partir de escritórios em São Paulo e Nova York. Atualmente, segundo informações da gestora, o AUM (ativos sob gestão) é de aproximadamente R$ 426 milhões.

Time de gestão e análise:

Thiago Melzer é o Diretor Executivo e Chief Investment Officer (CIO) da Upon. Melzer é formado em Engenharia pelo ITA e começou sua carreira como trader no Santander, em 2003, onde ficou até 2007. Depois de sair do Santander, foi trabalhar no banco Morgan Stanley, onde assumiu posições executivas em São Paulo, Nova York e Londres. Chegou a exercer o cargo de Head Global de Opções de Câmbio e Head de Juros e Moedas para Américas. A atuação de Melzer no Morgan Stanley é marcada por uma rápida ascenção e reconhecimento na instituição. 

Além do Thiago Melzer como responsável pelas decisões de investimento do Upon Global Macro, a gestora também conta com quatro portfolio managers no Brasil e um em Nova York. 

Em Nova York, Matthew Feldmann é o gestor sênior. Formado com honras por Harvard, Feldmann acumula experiências como Head de FX Options (Foreign Exchange – câmbio) para Américas no Morgan Stanley, sócio e gerente na Brevan Howard em Genebra, Managing Director na Citadel NY e, por fim, CEO na Feldmann Capital, onde aconselhava Family Offices.  

No Brasil, Ricardo Novaes é o Chief Portfolio Manager. Novaes tem mais de 20 anos de experiência como gestor no mercado, sendo todos eles em instituições reconhecidas localmente. Teve passagem pela Kapitalo como sócio e gestor, na Kadima e Brookfield como sócio e principal gestor macro. 

Junto com Ricardo Novaes estão mais quatro gestores de portfólio, todos com ampla experiência no mercado, acumulando passagens por instituições como Polo, Murano, Itaú BBA e Morgan Stanley. Vale destacar que um traço comum aos integrantes do time de gestão é a experiência com derivativos, especialmente opções de FX.

Além dos gestores, a estrutura de análise da casa contará com a presença de um economista-chefe e uma economista no quadro.

Estratégia:

O Upon Global Macro FIC FIM é um multimercado macro que atua de maneira global para capturar oportunidades descorrelacionadas do mercado no curto prazo (dias, semanas), com objetivo de gerar um retorno de CDI+ 8%. A estratégia tem o objetivo de ficar entre 70%-80% alocado internacionalmente e de 20%-30% no Brasil, podendo variar a exposição. Como a estratégia tem um forte viés macro, há a flexibilidade de ficar 100% offshore ou em uma parcela maior no Brasil dependendo das oportunidades que a gestão está enxergando. 

As operações são focadas nos mercados mais líquidos, tanto dentro do G10 – grupo das dez maiores economias do mundo – quanto em emergentes. Por exemplo, nos emergentes o time de gestão gosta de olhar para os EUA, Japão, UK e Canadá, enquanto nos emergentes gostam de México, África do Sul e alguns países asiáticos. A expectativa é que o resultado do fundo venha de uma alocação de 40% em moedas, 30% juros, 20% commodities e 10% equities via ETF, pois não olharão para o micro das empresas e, sim, para índices a partir de um olhar macro.

O processo de investimentos parte de uma análise do cenário macro global e geram ideias entre o time de traders e estrategistas, contando também com inputs trazidos de research independentes e acesso aos principais players globais do sell side. A partir disso, selecionam os ativos de melhor performance, analisando risco/retorno com inputs dos especialistas em cada mercado e, então, fazem a transição entre o macro e o micro da estratégia, finalizando com a implementação nos produtos adequados para o cenário técnico.

Processo decisório:

No processo decisório, existem diversas reuniões diárias e semanais entre o time de gestão, nas quais discutem temas e teses de investimento e se aprofundam nas mais promissoras. Outra característica da casa e do processo é discutir o cenário macro global sem entrar na especificidade geográfica. Como alguns gestores conhecem mais algumas regiões e instrumentos financeiros que outros, em um segundo momento eles analisam como os ativos podem se comportar em determinadas geografias, dada as perspectivas e posição técnica, e voltam novamente com teses para discussão.

Depois de selecionados os ativos, os instrumentos/estruturas de trade para capturar a oportunidade, melhor forma de implementar e determinado o grau de convicção, a posição pode ser aprovada no comitê de investimentos, que possui periodicidade mensal com formalização em ata. Melzer, como CIO, tem poder de veto.

Gestão de risco:

Por fim, em relação à gestão de risco, utilizam VaR, stress test e drawdown para monitoramento de risco do fundo. O book tem um hard limit de 15% de máximo drawdown e um soft limit de 10% para evitar que se chegue nos 15%. Caso o soft limit seja atingido, as posições serão discutidas e revisadas para redução de risco. Além disso, existem limites de drawdown para posições dentro de temas específicos. Dependendo da convicção de uma tese, o limite pode variar (0,25%, 0,5%…2%). A volatilidade-alvo do fundo é de 8% e buscam ser rigorosos nesse enquadramento.

Mercados de atuação e performance:

TESOUROCRÉDITO PRIVADOMOEDASAÇÕESDERIVATIVOSALAVANCAGEM
X
Brasil e Exterior
Referência: abril/2022


Confira nossa lista completa de fundos de investimento aqui. Além disso, para acessar análises de outras estratégias, acesse este link.


A Órama Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. distribui seus produtos para pessoas físicas e jurídicas. Recomendamos o preenchimento do seu Perfil de Investidor antes da realização de investimentos. As informações constantes neste documento estão em consonância com os regulamentos dos fundos de investimento, mas não os substituem. Leia a lâmina de Informações essenciais, se houver, e o regulamento antes de investir, disponíveis no site www.orama.com.br. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA.

AS RENTABILIDADES DIVULGADAS NÃO SÃO LÍQUIDAS DE IMPOSTOS E TAAS DE ENTRADA, DE SAÍDA OU DE OUTRAS, QUANDO APLICÁVEL. FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTA COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITOS – FGC. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Este material tem propósito meramente informativo. A Órama não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. As informações deste material estão atualizadas até 28/04/2022.

Posts Similares