O mercado se prepara para a semana em que serão definidas as trajetórias das políticas monetárias do Brasil e dos EUA

Confira as últimas atualizações para você começar seu dia com tudo que precisa saber sobre o mercado financeiro.

A semana começa com divulgação de PMIs da indústria e os investidores aguardam as decisões de política monetária, especialmente a do Fed.

  • As bolsas da Ásia fecharam em baixa. O Nikkei caiu 0,11% em Tóquio. Já as bolsas de China, Hong Kong e Taiwan não operaram devido a feriados. A aversão a risco veio após os índices de Nova York registrarem fortes perdas na semana passada, em especial na sexta-feira (29), pressionados por balanços fracos de grandes empresas de tecnologia, assim como por incertezas sobre o crescimento global e expectativas de rápida elevação de juros nos EUA. Além disso, PMIs da China divulgados no fim de semana mostraram que o setor manufatureiro foi gravemente afetado pelo pior surto de covid-19 que a segunda maior economia do mundo enfrenta desde o início da pandemia. O PMI industrial chinês medido pela S&P Global caiu a 46 em abril, apontando a contração mais intensa na manufatura desde fevereiro de 2020.
  • Na Europa, as bolsas operam em baixa. O índice Stoxx Europe 600 recua 0,82%. A última rodada de dados de atividade manufatureira da China contribui para o mau humor no continente europeu. O índice de gerentes de compras (PMI) industrial da zona do euro caiu de 56,5 em março para 55,5 em abril, atingindo o menor patamar em 15 meses, segundo pesquisa final divulgada pela S&P Global. A leitura definitiva, porém, ficou acima da estimativa preliminar de abril e também da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 55,3 em ambos os casos. Os indicadores na Europa têm sido fortemente pressionados pelo conflito russo-ucraniano, que se arrasta há mais de dois meses. Nos próximos dias, grandes empresas da Europa divulgam  balanços trimestrais. Além disso, o Banco da Inglaterra (BoE) anuncia decisão de juros, na quinta-feira (05). 
  • Os futuros dos índices das bolsas de Wall Street operam em alta, após as fortes perdas no último pregão e no mês de abril. Na semana, os investidores aguardam a decisão de política monetária do Fed, na quarta (04), e o relatório de emprego dos EUA, na sexta (06). Além disso, balanços de empresas americanas seguem no radar. 
  • O rendimento do T-Notes de 10 anos é negociado a 2,94%.
  • Para mais notícias sobre Brasília, acesse o Panorama Político.

Leia mais no documento completo

Posts Similares