AIEC11 deve entregar dividendos acima da média nos próximos meses (NEUTRO)

AIEC11 tem potencial de entregar dividendos acima da média nos próximos meses: Fundo vai liberar R$ 3,3 milhões (R$ 0,68/cota) com a conclusão do processo arbitral iniciado por um dos inquilinos.

O AIEC11 vai conseguir destravar um resultado extraordinário para os cotistas com a liberação desse valor. Além disso, com a finalização do processo, o contrato de aluguel vai poder ser reajustado pela inflação dos últimos 2 anos (2020 e 2021), o que resultará em um aumento da receita recorrente do fundo.

Negociando com 25% de desconto em relação a cota patrimonial, entendemos que o fundo apresenta uma ótima oportunidade de entrada com upside relevante no curto prazo.

Recomendação de Compra: AIEC11 (Autonomy Edifícios Corporativos FII)

SEGMENTO: LAJES CORPORATIVAS

Cota bastante descontada no secundário e com expectativa de aumento de dividendos nos próximos meses

Gestora com experiência no mercado imobiliário

A Autonomy é uma casa 100% dedicada ao mercado imobiliário, fundada em 2007. Possui quase 20 imóveis em seu portfólio (R$ 6 bilhões), dentre eles edifícios corporativos e galpões logísticos.

O AIEC11 – Autonomy Edifícios Corporativos FII nasceu no final de 2020, com a aquisição de 2 imóveis localizados em SP e RJ, 100% ocupados. Em SP, o fundo possui participação no Rochaverá, edifício AAA (alta qualidade) e com certificação de sustentabilidade LEED Gold. Já no RJ, possui o imóvel alugado a 15 anos pela faculdade IBMEC no Centro.

Diferenciais da carteira:

  • 0% vacância;
  • Contratos de aluguel atípicos: Maior garantia para o proprietário (+multa rescisória elevada);
  • Vencimento médio dos contratos: 5,2 anos;
  • Imóveis estratégicos para as locatárias (mitiga riscos de saída).

Receita Extraordinária destravada ainda no 1T22

Em 2020, o inquilino do imóvel de SP (empresa Dow) iniciou um processo arbitral para discutir a redução do aluguel, diante do reajuste por IGP-M. O índice no ano teve uma variação de quase 30%, o que fez com que diversos locatários do mercado procurassem rediscutir seus contratos.

Tendo em vista que se trata de um contrato atípico, com cláusulas e garantias mais fortes, a sentença anunciada no início de 2022 foi favorável ao AIEC11.

Nesse contexto, observamos 3 resultados positivos:

  • Maior segurança jurídica para contratos atípicos;
  • Liberação do montante de R$ 3,3 milhões (R$ 0,68/cota): referente ao reajuste por IGPM desde o início do processo (fundo reteve valor);
  • Aumento da receita recorrente do fundo: Aluguel da Dow foi reajustado pelo IGPM de 2020 e 2021.

OPORTUNIDADE: A cota negocia com 25% de desconto em relação ao VP. O preço/m2 atual é de R$ 16 mil: abaixo do valor das transações de mercado nos últimos períodos, e talvez até mesmo abaixo do custo de reposição desses imóveis! Por isso entendemos que o fundo possui um potencial alto de ganho de capital no médio prazo.

DIVIDENDOS:  Esperamos a distribuição de um dividendo extraordinário assim que formalizada a conclusão do processo da Dow (ainda nos próximos meses), que vai representar quase que o dobro da distribuição mensal que vinha sendo entregue. Além disso, considerando o novo patamar de dividendos recorrentes, o fundo neste preço terá um DY anualizado de 11% (bastante acima do mercado: 8,5%).

*PONTO DE ATENÇÃO: O IBMEC, inquilino do imóvel do RJ, no final de 2021 instaurou um processo arbitral contra o fundo buscando discutir o contrato atípico que possui. Por enquanto os impactos para o AIEC11 são eventuais custos referentes ao processo. É importante acompanhar de perto os desdobramentos, porém relembrando da jurisprudência que possui, diante da sentença favorável no processo da Dow.

Confira também a nossas carteiras recomendadas de FIIs.

Invista conosco! Abra a sua conta já.

DISCLAIMER

“Este documento é distribuído pela ÓRAMA DTVM S.A. (“Órama”), estando em conformidade com a Resolução CVM 20/2021. O(s) analista(s) de valores mobiliários Anna Clara Schuwartz Tannouz Tenan – CNPI EM 3045, é(são) o(s) signatário(s) da(s) análise(s) descrita(s) no presente documento e se declara(m) inteiramente responsável(is) pelas informações e afirmações contidas neste material. O(s) analista(s) envolvidos na elaboração deste documento declara(m) que as recomendações eventualmente contidas no relatório refletem única e exclusivamente sua opinião pessoal sobre o(s) ativo(s) analisado(s) e foi(ram) elaborado(s) de forma independente, inclusive em relação à Órama. A Órama mantém e/ou tem intenção de manter relações comerciais com um(a) ou mais companhias/fundos a que se refere este relatório. Parte da Remuneração do(s) analista(s) é proveniente dos lucros da Órama como um todo e, consequentemente, das receitas oriundas de transações realizadas pela Órama. A Órama pode estar atuando e/ou ter atuado como instituição intermediária e/ou participante de oferta pública de valores mobiliários de emissão de uma ou mais [companhias/fundos] citadas neste relatório, inclusive nos últimos 12 meses. Todas as informações utilizadas na(s) análise(s) contida(s) neste documento foram redigidas com base em informações públicas de fontes consideradas fidedignas. Embora tenham sido tomadas todas as medidas razoáveis para assegurar que as informações contidas no presente documento não são incertas ou equívocas no momento de sua publicação, a Órama e o(s) seu(s) analista(s) não respondem por sua veracidade. As informações contidas no presente documento têm propósito meramente informativo, não se constituindo em uma oferta de compra ou de venda de qualquer ativo. As informações, opiniões, estimativas e projeções eventualmente contidas se referem à data de sua elaboração e/ou divulgação, bem como estão sujeitas a mudanças, não havendo obrigatoriedade de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão. Ainda, as opiniões a respeito de compra, venda ou manutenção dos ativos objeto ou a ponderação de tais ativos numa carteira teórica expressam o melhor julgamento do(s) analista(s) responsável(is) por sua elaboração, porém não devem ser entendidos por investidores como recomendação para uma efetiva tomada de decisão ou realização de negócios de qualquer natureza. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades pessoais de um investidor em específico, não possuindo qualquer vinculação com o perfil do investidor (suitability) e não devendo ser considerado para este fim. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, a Órama aconselha que o investidor entre em contato com o seu assessor para orientação financeira com base em suas características e objetivos pessoais, bem como recomenda o preenchimento do seu perfil de investidor. Operações com o(s) ativo(s) objeto das análises podem não ser adequadas ao perfil do investidor. Rentabilidade prevista ou passada não é garantia de rentabilidade futura. As projeções eventualmente constantes neste documento poderão ter resultados significativamente diferentes do esperado. Recomenda-se a análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra ou venda. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido, não podendo a Órama e/ou o(s) analista(s) envolvido(s) na elaboração deste material serem responsabilizados por qualquer perda direta ou indireta decorrente da utilização do seu conteúdo, cabendo a decisão de investimento exclusivamente ao investidor. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, dentre outras condições, podem afetar o desempenho do(s) ativo(s) objeto da análise deste documento. Fica proibida a reprodução ou redistribuição deste material para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio e expresso consentimento da Órama.”

Posts Similares