IBCR11 é o novo FII da Integral que vem distribuindo 1,50% ao mês (COMPRA)

IBCR11 é o novo FII da Integral que vem distribuindo 1,50% ao mês: O Fundo nasceu no início do 2º semestre de 2022 e já apresenta um track record que chama a atenção, distribuindo R$ 1,50/cota nos últimos 3 meses.

Recomendação de Compra: IBCR11 – CRI Integral Brei FII

SEGMENTO: RECEBÍVEIS (CRIs)

Oportunidade de entrada a um preço descontado e expectativa de dividendos acima de R$ 1,00

Time de gestão: Experiência na originação e estruturação de CRIs

A Integral Group possui mais de 20 anos de experiência no mercado de crédito com R$ 14 bilhões em ativos sob gestão. O pioneirismo e liderança no que se refere ao desenvolvimento de estruturas de crédito imobiliário via mercado de capitais estão no código genético da Integral BREI desde sua constituição. O CEO e sócio fundador da gestora, Vitor Bidetti, foi um dos fundadores do Grupo Brazilian Finance & Real Estate, empresa reconhecida e com vasta experiência no mercado de crédito imobiliário.

Processo de análise robusto

A Gestora possui um modelo proprietário de rating para avaliação dos investimentos, levando em consideração não só as garantias oferecidas, como também análise de crédito do devedor, além de possuir controles operacionais que permitem o monitoramento constante da saúde financeira das operações investidas.

Diversificação setorial e mitigação de riscos adicionais

O IBCR11 vem focando em operações de financiamento de término de obra. Esses CRIs possibilitam a mitigação de riscos no que se refere ao andamento das obras dos projetos, tendo em vista que o credor entra apenas na fase final de desenvolvimento.


Além disso, o fundo atualmente está exposto a diferentes estados do país (RS, SC, SP, GO e MG) e aos segmentos residencial e logístico. A escolha dos setores foi estratégica, baseada principalmente: no crescimento acelerado do e-commerce que impulsionou o mercado imobiliário logístico, e em projetos residenciais com incorporadoras com longo histórico e de médio/alto padrão, que se mostram mais resilientes diante da mudança do cenário macro atual.

Carteira já 100% alocada após IPO

O IPO do fundo encerrou no início do 2º semestre de 2021, captando cerca de R$ 80 milhões. Até o final de dezembro/21, o fundo já estava com 96% do PL alocado em 8 CRIs, com um carrego de inflação + 9,4%.

Importante destacar que o fundo vem fazendo mudanças importantes para carteira.

Inicialmente, o gestor havia investido parte dos recursos captados em operações com taxas mais baixas, de forma agilizar a alocação e evitar a deterioração dos resultados para os cotistas com a manutenção de recursos em caixa. Nos últimos meses, o time vem substituindo certas operações por CRIs com spreads mais elevados, resultando em uma taxa média da carteira acima do alvo indicado na 1ª emissão.

Perspectivas


O cenário é favorável para o mercado de crédito imobiliário, considerando o potencial de expansão do mercado de capitais
quando comparado aos altos custos e às demais condições de financiamento oferecidas pelos bancos aos incorporadores.


Estamos vendo nos últimos anos um crescimento cada vez mais acelerado e uma mudança no perfil de financiamento do
mercado imobiliário, com as captações de FIIs e CRIs atingindo máximas históricas.


As projeções de distribuições do IBCR11 para os próximos períodos são bastante favoráveis, principalmente ao considerar o
movimento inflacionário, assim como a taxa atrativa que sua carteira possui. Por se tratar de um fundo ainda bastante
recente, é de extrema importância a melhora da liquidez no secundário, para que em seguida seja possível o crescimento do
portfólio e a pulverização da base de cotistas.

Nossa tese tem como base o desconto que o IBCR11 negocia no secundário, assim como as perspectivas de
manutenção de dividendos acima de R$ 1,00/cota, bastante forte quando comparado a média do mercado,
principalmente ao considerar o nível de risco da carteira

Confira também a nossas carteiras recomendadas de FIIs.

Invista conosco! Abra a sua conta já.

DISCLAIMER
AVISOS IMPORTANTES:
Este documento é distribuído pela ÓRAMA DTVM S.A. (“Órama”), estando em conformidade com a Resolução CVM 20/2021. O(s) analista(s) de valores mobiliários Gabriel Montenegro de Carvalho – CNPI EM 2236, é(são) o(s) signatário(s) da(s) análise(s) descrita(s) no presente documento e se declara(m) inteiramente responsável(is) pelas informações e afirmações contidas neste material. O(s) analista(s) envolvidos na elaboração deste documento declara(m) que as recomendações eventualmente contidas no relatório refletem única e exclusivamente sua opinião pessoal sobre o(s) ativo(s) analisado(s) e foi(ram) elaborado(s) de forma independente, inclusive em relação à Órama. A Órama mantém e/ou tem intenção de manter relações comerciais com um(a) ou mais companhias/fundos a que se refere este relatório. Parte da Remuneração do(s) analista(s) é proveniente dos lucros da Órama como um todo e, consequentemente, das receitas oriundas de transações realizadas pela Órama. A Órama pode estar atuando e/ou ter atuado como instituição intermediária e/ou participante de oferta pública de valores mobiliários de emissão de uma ou mais [companhias/fundos] citadas neste relatório, inclusive nos últimos 12 meses. Todas as informações utilizadas na(s) análise(s) contida(s) neste documento foram redigidas com base em informações públicas de fontes consideradas fidedignas. Embora tenham sido tomadas todas as medidas razoáveis para assegurar que as informações contidas no presente documento não são incertas ou equívocas no momento de sua publicação, a Órama e o(s) seu(s) analista(s) não respondem por sua veracidade. As informações contidas no presente documento têm propósito meramente informativo, não se constituindo em uma oferta de compra ou de venda de qualquer ativo. As informações, opiniões, estimativas e projeções eventualmente contidas se referem à data de sua elaboração e/ou divulgação, bem como estão sujeitas a mudanças, não havendo obrigatoriedade de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão. Ainda, as opiniões a respeito de compra, venda ou manutenção dos ativos objeto ou a ponderação de tais ativos numa carteira teórica expressam o melhor julgamento do(s) analista(s) responsável(is) por sua elaboração, porém não devem ser entendidos por investidores como recomendação para uma efetiva tomada de decisão ou realização de negócios de qualquer natureza. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades pessoais de um investidor em específico, não possuindo qualquer vinculação com o perfil do investidor (suitability) e não devendo ser considerado para este fim. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, a Órama aconselha que o investidor entre em contato com o seu assessor para orientação financeira com base em suas características e objetivos pessoais, bem como recomenda o preenchimento do seu perfil de investidor. Operações com o(s) ativo(s) objeto das análises podem não ser adequadas ao perfil do investidor. Rentabilidade prevista ou passada não é garantia de rentabilidade futura. As projeções eventualmente constantes neste documento poderão ter resultados significativamente diferentes do esperado. Recomenda-se a análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra ou venda. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido, não podendo a Órama e/ou o(s) analista(s) envolvido(s) na elaboração deste material serem responsabilizados por qualquer perda direta ou indireta decorrente da utilização do seu conteúdo, cabendo a decisão de investimento exclusivamente ao investidor. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, dentre outras condições, podem afetar o desempenho do(s) ativo(s) objeto da análise deste documento. Fica proibida a reprodução ou redistribuição deste material para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio e expresso consentimento da Órama.”

Posts Similares