Panorama Político – 30/09/2021

Convenção conjunta DEM / PSL sobre a fusão dos partidos 

por Lorena Laudares, Mestre em Ciência Política

As cúpulas do DEM e do PSL decidiram que vão se fundir em um novo partido chamado União Brasil com o número 44 no dia 06 de outubro deste ano.   

As convenções para fusão se darão de forma conjunta. Uma vez aprovado, o processo será encaminhado ao TSE para que seja formalizada a criação do novo partido.  

Hoje, o PSL possui hoje 53 deputados , 1 senadora e 1 governador. O DEM tem 28 deputados e 6 senadores e 2 governadores.  

Os atuais parlamentares não necessariamente vão continuar na nova sigla, visto que fusão é uma das exceções para mudança de partido por parte dos deputados, sem perda de mandato. Além disso, cerca de metade dos deputados do PSL, eleitos na onda Bolsonarista de 2018, devem seguir o atual presidente quando este definir seu partido. A janela formal para mudança de partido é de 30 dias, seis meses antes das eleições, ou seja, em abril de 2022 as migrações devem ser concluídas. 

Em relação a recursos para o ano que vem, o PSL tem direito a R$ 199 milhões do Fundo Eleitoral (FE) e o DEM tem R$ 121 milhões.  Para o Fundo Partidário (FP) seriam R$ 98 milhões para o PSL e R$ 40 milhões para o DEM. Isso significa que em 2022 o União Brasil teria acesso a um montante aproximado de R$ 458 milhões.

O tamanho da nova sigla e a disponibilidade às verbas para as eleições do ano que vem podem ser um critério de atração de novos filiados. 

A ideia das lideranças de ambos os partidos é lançar candidato à presidência ou apoiar formalmente um nome que não seja Bolsonaro. ACM Neto também tenta manter o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) no partido, Pacheco vem sendo assediado pelo PSD. do Gilberto Kassab. O União Brasil tentará trazer nomes relevantes, como Geraldo Alckmin (PSDB-SP), ex-governador de São Paulo, e Romeu Zema (Novo-MG), governador de Minas Gerais.

As informações contidas neste material têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Este material é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Órama Investimentos, incluindo agentes autônomos e clientes, podendo também ser divulgado no site e/ou em outros meios de comunicação da Órama. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Órama.

Posts Similares